Último Artigo

A cidade de Verona, na Itália

Na semana passada, hospedamos em casa o italiano que, quando estiveramos em Verona em Fevereiro, nos apresentou toda a cidade durante uma manhã. Já aqui em casa, ao responder nossa pergunta clássica sobre o que está achando de São Paulo, eis a impressão dele: “São Paulo é uma cidade muito organizada, as pessoas são civilizadas…” […]

Continue lendo

Sobre

Atualmente, os assuntos que despertam meu interesse estão, naturalmente, relacionados às atividades que mais me motivam e me proporcionam prazer: viagens, fotografia, tricot, cozinha e design são alguns deles. Seja bem-vindo e sinta-se em casa, 'Das Haus Die Frau' Ali Ckel.

Leia Mais

Artigos

Carnaval de Neandertal

Foi em Praga que descobrimos o Eurokarneval. Palcos foram instalados nas três principais praças da cidade – Cidade Velha, Wenceslas e Praça da República – com shows simultaneos rolando praticamente o tempo todo. A gente não sabia de nada até chegar sem querer na primeira praça e descobrir um monte de coisas legais.
Várias bandas ou grupos se apresentavam na seqüência. Enquanto uma tocava no palco, as outras curtiam o som com a platéia, dançando com suas pinturas na cara, fantasias estranhas ou trajes típicos. Dentre as mais legais estava a banda de Neandertal – a Pförassler (site em alemão), de Liechtenstein – que tocou “Killing in the Name” numa versão muito melhor do que a original, e cujas fotos e video apresento neste Post.

Filme por @rbp:

Continue lendo

Carnavais e carnavais…

Se tinha algo que não imaginávamos encontrar nas férias longe do Brasil era o carnaval. Mas ele esteve lá, presente muito mais do que esperávamos.

Ainda em meados de Janeiro, enquanto caminhávamos por Praga, sem querer caímos numa praça cheia de música e pessoas fantasiadas: era o Eurokarneval 2010. Ao longo dos dias encontramos mais festa em outra praça, e depois em outra…

Praga

Em Praga, as bandas se distraem bebendo, comendo e rindo, enquanto aguardam sua vez de ir ao palco

Não bastasse na República Checa, nos despedimos de Verona, Continue lendo

Itens práticos para viajar bem

Muitas vezes, alguns itens pequenos, ou com algum detalhe diferente, podem tornar sua viagem muito mais confortável, prática e agradável. Montei uma lista dos que mais uso para compartilhar com vocês:

  • MONEY ORGANIZER

    Eu acho imprescindível para viajar: uma pequena pochete para pendurar na cintura, por baixo da roupa, onde você guarda o seu dinheiro, traveler’s cheque, passaporte e demais coisas pequenas que se perdidas ou roubadas, podem te dar uma dor de cabeça gigante. A idéia é que você jamais deixe essas coisas em hotéis, nem mesmo em cofres, Continue lendo

Trdelník, um doce de rua de Praga

Já que estamos na série de posts sobre Praga (comida e neve), eu comeria um desses agora mesmo: trdelník (tá, até hoje não consigo pronunciar direito, mas é algo como “trídelnik”), um doce que você acha em qualquer barraquinha nas praças espalhadas por Praga.

É um tubo anelado, feito com uma massa parecida com a de Pretzel, talvez um pouco mais fina e crocante, e assado em espetos que ficam girando sobre o fogo. Depois, é polvilhado no açúcar para servir. Na hora de comer, você vai puxando os anéis com os dedos e mordendo a massinha crocante e quentinha. Simples, sensacional e não tem aqui :(

Trdelník Continue lendo

Catedral de Praga

Para mudar um pouco de assunto e falar de algo diferente de comida e neve…

Todo mundo achava o máximo quando dizíamos que íamos passear em Praga. Até meus cunhados se mudarem para lá, nunca havia me ocorrido ir especificamente para a República Checa. Praga não estava no meu top ten de lugares a conhecer, como aparentemente estava no de muita gente.

Pegamos um trem de Munique para a capital Checa. A viagem inteira é muito bonita e gostosa, mas foi literalmente chegando em Praga que eu entendi porque tanto as pessoas ficavam eufóricas com a cidade. Bom, eu não tenho fotografias para mostrar, porque eu não consegui tirar uma foto. Eu nunca estivera diante de algo realmente impressionante que me fizesse parar para olhar sem conseguir mover um único dedo em direção ao clique da câmera. Eu não consegui fotografar! Continue lendo