Archive for the 'Ilustrações' category

Esqueleto

Eu nunca me propus a desenhar seriamente, por inúmeros motivos – dentre eles, a falta de talento. De vez em quando, porém, tenho de fazer uma ilustração ou outra para compôr um trabalho. Às vezes, acabo me surpreendendo. Não por ser um desenho digno de respeito e reconhecimento. Mas só porque eu jurava ser incapaz de criar tal ilustração :)

Pé

5 e 1/4

Foi vendo os porta-copos da Supermandolini, com desenhos de disquetes de 5 e 1/4, que lembrei de um convite que fiz para o rbp:

Convite Disquete

Path no Gimp

Eu queria colocar uma foto no Sobre do blog, mas nenhuma me agradava. Hoje, retomei a brincadeira de path (vetores) no Gimp e acabei criando esta montagem.

Legal foi treinar a prática de vetores no Gimp, que eu já não usava há um tempo e é um pouquinho diferente da forma como trabalha o Photoshop, mas eficiente igual para estas seleções mais simples.

Rubens LP

Estava navegando e encontrei o site deste artista gráfico de São Paulo, Rubens LP.

Curti muito suas ilustrações.
Rubens LP

Ilustração de Rubens LP.

Photoshop, Gimp e algumas impressões

Todos os desenhos ou tratamentos de imagem que eu fazia, até então, eram no Gimp. Há muito tempo que uso apenas Linux (atualmente, a versão Ubuntu) e o Gimp é um ótimo editor de imagens “software livre” (e que você pode também instalar no seu PC Windows, fazendo o download gratuitamente). Toda a noção de camadas, desenho em vetores, tratamento de imagens etc, aprendi neste programa.

Mais recentemente, comecei a trabalhar com design e, aparentemente, os programas que dominam no mercado são Photoshop e Ilustrator, ambos da Adobe. No começo, foi um choque muito grande. Tem coisas parecidas, mas muitas bem diferentes. Como tudo em computadores, precisa de treino. Estou tendo overdose de Photoshop e durmo sonhando com vetores: puxe pra cá, ajusta aqui, muda paleta de cor…

Ontem, precisei fazer um trabalho em casa e como ainda não instalei o emulador para rodar Windows, estou sem os programas da Adobe. O que não é um problema, afinal, há cinco anos que uso apenas Gimp e ele há de bastar. Engano meu! Da mesma forma como levei um choque na transição Gimp-Photoshop, ontem me senti uma retardada usando o Gimp. O mouse simplesmente não me obedecia. Parecia faltar uma série de ferramentas que me acostumara, tão rapidamente, no Photoshop.

Continue reading