Archive for the 'Fashion' category

Meus primeiros cachecóis

Este ano, quando eu ainda tinha tempo para pensar em coisas novas, mergulhei na tentativa de aprender a tricotar. Minha mãe até tentou me ensinar quando criança, mas todas as vezes foram frustradas.

Apesar de possuir certa aptidão para trabalhos manuais, nada excepcional, mas o bastante para querer brincar, definitivamente, eu não tinha o dom para tricot. Segurar aquelas duas agulhas e fazê-las me obedecer era a tarefa mais complicada do universo.

Eis que em algumas horinhas, uma querida amiga, Sue Maia, conseguiu me ensinar. Foi difícil, além da segurança das agulhas, é preciso muita concentração para não errar os pontos. Mas a paciência de quem ensina é fundamental para o sucesso. O resultado desta experiência está aqui: Continue reading

Soho Grand Prix II

Dado o grande sucesso do post anterior e a ansiedade dos meus queridos leitores por novidades, fotos e histórias, cá estou para contar a experiência bizarra da última segunda-feira.

O dia começou cedo, às 9h da manhã, sem interrupção para almoço e na correria para deixar tudo impecável para a grande noite. Milhões de cremes e tintas para descolorir e chegar no branco perfeito, escova, chapa, mechas, maquiagem panterosa e muito nervoso. O Ramon (o cabeleireiro) com medo de errar e eu com medo de que ele errasse, afinal, o cabelo é meu. Continue reading

Soho Grand Prix

Há quem se assuste ao conhecer o novo visual alickel 2007, versão 1.0. Eu também ainda me espanto a cada mirada no espelho. Não é todo dia que o loiro natural aposenta seu tom dando espaço a uma nova coloração, 3 tons mais claros, quase inexistente e branca, enfim.

Na rua, as pessoas parecem desacreditar do que estão vendo. Nada como um boné e um óculos de sol para esconder a identidade nessas horas. Sou cara-de-pau, pero no mucho. Continue reading

Meu cabelo, quase uma obra de arte

Há alguns dias fui ao casamento da minha irmã e, como não poderia deixar de ser, confiei meu cabelo nas mãos do Ramon, do Soho (unidade Itaim).

Com uma visão moderna, ele conseguiu transformar minha cabeça em uma obra de arte: Continue reading

Pin-ups

Há alguns anos fui influenciada por uma amiga apaixonada por pin-ups e pela cultura 50’s, de forma geral. Naquela época, eu já gostava de dançar o rock and roll, de ter saias rodadas e estalar os dedinhos enquanto sacudia os ombros pra lá e pra cá com todo o charme das mulheres daquele período. Mas o meu conhecimento se resumia a isso, que erroneamente eu chamava de “anos 60″.

Milkshake

A popularização da televisão após a Segunda Guerra Mundial e a criação da TV à cores em 1954 marcaram a história da humanidade e tiveram direta influência na disseminação da cultura pop que estava nascendo. O rockabilly, as pin-ups, as vespas e tantas outras coisas estouraram já nos anos 50’s. As décadas seguintes apenas deram continuidade a essa cultura de músicas “subversivas” e mulheres “devassas”. Continue reading