Archive for the 'Blog' category

Abandonei, mas voltei :)

Queria agradecer a preocupação e carinho dos fiéis leitores, que me escreveram por e-mail perguntando porque o Das Haus estava abandonado e pedindo notícias. Bem, o blog é a minha quinquagésima ocupação, depois do trabalho, faculdade e alguns projetos extras que envolvem mais trabalho. É difícil dedicar o tempo que gostaria a ele e, por vezes, caio no abandono.

Admito que o incentivo de vocês, queridos visitantes, me fez voltar :-)

Obrigada!

Tema novo (ieks, problema no antigo)

Ontem notei que meu antigo tema de layout do Das Haus Die Frau estava com problemas. Basicamente, todos os elementos estavam se posicionando fora do lugar (aparentemente, algo relacionado ao CSS). Assim, instalei um novo tema só para manter o conteúdo no ar (calma, calma, vocês terão acesso às receitas, fotos e tudo o que está aqui).

Por ora, ficaremos com esta casa temporária, enquanto eu aproveito para tomar vergonha na cara e desenhar meu próprio layout. “Em casa de ferreiro o espeto é de pau” coisa nenhuma, vamos fazer um espeto bonitinho, de ferro e bem robusto :-)

Atenção: Resultado do Sorteio!

Para quem achou que eu tinha desistido de sortear o brinde prometido, tenho novidades! (Não sabe do que estou falando, dê uma lida neste post). Sei da minha irresponsabilidade pela demora e, por isso, peço desculpas. Meu plano era aprender a programar em Python para gerar eu mesma um script de sorteio. Mas estava demorando muito para ter as tais aulas de programação, então, esta semana, resolvi cumprir a promessa.

Não houve qualquer tipo de maracutaia, já vou dizendo :)

O programa que rodou o sorteio foi criado pelo rbp (obrigada pela ajuda, Érre!). Participaram todos aqueles que deixaram comentários no post Enquete: “as melhores fotografias”:

  • Sue
  • Rafael
  • Karin
  • Erick T.
  • Carla
  • Sarah Penteado
  • Juju
  • Badá (Badá e João Vitor são a mesma pessoa, portanto, só um entrou no sorteio)
  • Ela

E o resultado:

Resultado Sorteio
Obrigada a todos que participaram da votação. Não só foi muito divertido interagir com os comentadores do Das Haus, como surtiu na menção honrosa de uma das fotografias. Sou muito grata a todos que me ajudaram a escolher as imagens (inclusive àqueles que não deixaram comentário, mas votaram – sei que foram muitos). Continue reading

Sistema de busca consertado :)

Colocar ordem na casa física ajuda também a arrumar pequenas coisas da casa virtual. A partir de agora, você também pode fazer buscas no Das Haus Die Frau!

Tá, isso pode parece algo trivial (de fato, é) e que qualquer blog hoje em dia tem, mas o meu sistema de buscas estava quebrado e graças ao rbp, agora está consertado e funciona perfeitamente!

Vai lá testar :)

Revisando opiniões

De vez em quando, dou algumas dicas e sugestões aqui no ‘Das Haus’. De vez em quando, também, mudo de idéia à respeito dessas dicas. Este post é, então, uma breve revisão de algumas sugestões que, outrora, passei para vocês:

  1. Eu escrevi um artigo, Pizza Integral, falando sobre uma pizzaria natureba da Vila Madalena, que teria massas integrais e recheios orgânicos. De fato, eles têm massa integral e é boa. Eu gosto! Já a pizza como um todo é gostosa normal – sabor bem padrão, e eles quase nunca têm os recheios orgânicos. É uma pizzaria para o dia-a-dia, sem nada especial. Na verdade, chega a incomodar a armadilha eco-chata e pseudo-natureba. O panfleto de delivery é, teoricamente, em papel reciclado e eles têm a tal “eco-forneria”, que seria um forno a gás e não a lenha.
  2. Um dia, falei sobre o aspirador Ergorapido, em Upgrade de carro – da vassoura ao ergorapido. De fato, é um excelente aspirador de pó. Pequeno, fácil de guardar, eficiente etc. Porém, funciona perfeitamente se sua casa é pequena: a bateria não dura muito.
  3. Falei também sobre o celular da Alcatel, Music – Mobile by Alcatel, modelo OT-E801, ele é tudo aquilo que escrevi no artigo: um aparelho básico e barato, com a vantagem de ser mp3 – na época isto não era comum em celulares básicos. A grande desvantagem dele, que me incomodava profundamente, era o fato de ser lento. Software lerdo, muito lerdo. Não gostei!