Artigo

Viagens: planejar para não esquecer nada

Planejar viagem sem agência exige muito mais dedicação. Particularmente, prefiro. Claro que dá muito mais trabalho. É por isso que as agências cobram e cobram caro, porque todo preparativo de viagem exige muito tempo. Mas vamos lá, é possível organizar tudo e ser muito divertido.

A forma que encontramos para não nos esquecermos de nada foi a famosa to do list: uma lista em tópicos com todas as coisas de que precisamos. Nela, começamos a anotar das coisas mais elementares, como comprar as passagens de ida e volta, até as mais bobas, como levar creme-hidratante para proteger a pele do frio. Na verdade, tenho usado to do list até para as viagens de fim de semana. Coloco tudo, absolutamente tudo: balancear o carro, colocar combustível, checar documentos, levar presente do fulano, comprar chocolate para a viagem etc.

A melhor ferramenta para isso é um editor de texto, de modo que você possa apagar, mover, alterar cada coisa sem dificuldades. Eu uso o Google Docs, online, pois posso compartilhar meus documentos com outras pessoas e juntos acompanharmos a evolução do check-list. Por exemplo, eu e o rbp temos acesso à mesma to do list e conforme um de nós faz as coisas listadas, tira da lista e o outro já sabe que aquela tarefa não precisa mais ser realizada.

Abaixo está um trecho da nossa to do list. Uso as cores para facilitar a visualização. Então, por exemplo, o texto que está em lilás é de tudo que está em andamento – deixo essas coisas no topo da lista. O que está em preto, está pendente, ainda precisa ser feito. Já as coisas que foram feitas deixo em cinza bem clarinho, quase ilegível, e jogo para o fim do texto, pois não tenho mais de me preocupar com esses itens. Além disso, organizei cada item com tags ou etiquetas. A mais relevante é tag “+ urgente”, como o próprio nome já diz.

todolist

  • QUAL A VANTAGEM DE FAZER UMA TO DO LIST?
    Você elimina muito as chances de se esquecer de algo e evita deixar muita coisa acumulada para fazer às vésperas da viagem.
  • COMO É A TO DO LIST?
    Uma lista em tópicos com todas as coisas que precisam ser feitas para a viagem, organizadas em “pendente”, “em andamento” e “feito”. Anote absolutamente tudo: documentos que precisam ser atualizados, reservas de albergues, itens para comprar etc.
  • LEMBROU DE ALGO, ANOTA.
    Sempre que lembramos de algo novo, anotamos na lista. Por exemplo, estava agora lendo o artigo Gouda no Ducs Amsterdam e eles falavam sobre lenços umedecidos. Lembrei de que era importante ter isso na viagem e coloquei na lista para comprar. Não tem como anotar na hora? Marque num rascunho e passe a limpo depois.
  • FAZENDO AS COISAS SEMPRE QUE SOBRAR UM TEMPINHO.
    Se você consultar a sua to do list regularmente (eu consulto umas três vezes por semana ou mais), aos poucos você vai executando as tarefas que estão pendentes e sempre tem em mente mais ou menos o que está faltando. Então, por exemplo, ontem estava no shopping com minha sobrinha e lembrei que constava na lista comprar um travesseiro inflável de viagem. Comprei e, chegando em casa, eliminei mais este item da lista.
  • NÃO DEIXE NADA PARA A ÚLTIMA HORA.
    É exatamente contra isso que estamos lutando. Assim, é importante ter em mente que nada é tão simples assim que valha a pena deixar para depois. Isto é, de longe, o mais importante. Eu posso comprar o creme hidratante no aeroporto antes de embarcar? Posso. Mas porque já não comprar agora que estou no mercado e tem o que preciso? Vai fazendo, mesmo se parecer antecedência demais. Não importa, não vai atrapalhar em nada fazer antes. Muita coisa pode ser feita com bastante antecedência: necessaire de remédios, a lista de roupas a levar, xerox dos documentos de backup etc.
    Nós vamos viajar no inverno, geralmente as roupas de frio ficam, literalmente, mofando no armário. Primeiro final de semana com muito sol em SP, aproveitamos para lavar tudo. 3 meses antes da viagem. Parece cedo, não? Mas é menos um item da lista para fazer. De quebra, você já verifica se aquele casaco está em dia, se não tem nada rasgado, procura as luvas, o gorro etc.

A idéia, no fim, é evitar que na semana de véspera da viagem você saia correndo aos shoppings para comprar tudo de que precisa, daí lembra que deveria tirar aquele documento e agora não dá mais tempo e sua mãe ficou de emprestar um casaco que você nunca foi buscar, ela mora longe, choveu em São Paulo, o trânsito está imenso… pronto, muitas coisas desagradáveis podem acontecer pelo simples fato de que não foi feito uma organização simples desde o começo :-)

E sabe, adoro trabalhar com to do list, porque é uma delícia ver cada item sendo eliminado e a viagem se construindo. Adoro pintar mais um tópico de cinza, jogar para o fim da lista e pensar: “pronto, menos um”.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –