Artigo

Penne ao béchamel com amêndoas em lascas

Pelo menos três vezes ao ano, reservamos para jantar em algum lugar legal. São datas importantes que merecem ser comemoradas e, no fundo, servem de pretexto para conhecermos mais um restaurante em São Paulo. É também quando aproveitamos para buscar grande parte de nossas inspirações culinárias.

Penne

Vista de São Paulo da varanda do Skye.

A última vez foi no meu aniversário, em fins de agosto. Ontem, lembrando do deslumbre daquele jantar, resolvi arriscar uma massa com amêndoas em lascas ao molho béchamel. Tenho uma tendência a gostar de coisinhas crocantes junto à comida, principalmente, junto ao arroz e às massas, e usar amêndoas em lascas estava na minha lista de pendências há tempos.

É muito legal quando conseguimos reproduzir em casa pratos especiais, daqueles em que cada garfada traz à boca um deleite de degustação com sabores harmônicos e riqueza em detalhes. São sabores que você não define exatamente. É uma combinação diferente da que seu paladar está habituado, porém, maravilhosa.

O meu béchamel, entretanto, ficou com gosto de comida feita em casa, muito apetitoso e gostoso, mas um sabor ainda de dia-a-dia. Quero aprimorar diminuindo a quantidade de cebola em troca de outros temperos mais delicados. Talvez mais alecrim. Quem sabe um pouquinho de erva-doce? Pode ser que o molho ideal não seja este. Não sei, preciso testar. As lascas de amêndoas, por outro lado, estão mais do que aprovadas.

Penne

Molho béchamel com lascas de amêndoas

Rendimento: aproximadamente, 5 porções.

Ingredientes

  • 1 litro de leite integral
  • 100g de manteiga sem sal
  • 3 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 1/2 cebola picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 fio de azeite
  • folhas de alecrim fresco
  • pimenta do reino moída na hora
  • sal à gosto
  • noz-moscada ralada na hora à gosto
  • amêndoas em lascas

Preparo

  1. Descascar o alho e socar com um fio de azeite e as folhas de alecrim. Para isso, eu uso um pilão, mas é possível improvisar com um copo e algum fundo de colher como socador.
  2. Levar ao fogo o leite junto à cebola e ao alho com alecrim. Assim que levantar fervura, baixar o fogo e cozinhar por mais 1 minuto, sempre mexendo. Reservar o leite por 10 minutos. Coar em uma peneira fina e separar apenas o leite.
  3. Em fogo brando, derreter a manteiga em uma panela de fundo grosso, sem deixar dourar. Acrescentar a farinha aos poucos, sempre mexendo com um whisker (misturador de metal). Não deixar formar bolotas e cuidar para não queimar.
  4. Quando formar uma espuma branca ao fundo, tirar do fogo. Aos poucos, acrescentar o leite com uma concha, enquanto mexe com o whisker, até formar um creme. Colocar sal, noz-moscada e pimenta do reino. Voltar ao fogo brando e cozinhar por mais 10 minutos, sempre mexendo.
  5. Servir a massa com o molho béchamel e polvilhar sobre o prato as lascas de amêndoas.

Comentários (1 comentário)

Deixe aqui seu comentário